[an error occurred while processing this directive]

Negócios

24/02/12 | 19:52 - Atualizado em: 24/02/12 | 19:52

Ações da Petrobras seguram Ibovespa no azul

Na semana, o índice paulista tem queda de 0,39%, mas mantém desempenho positivo no mês, com avanço de 4,56%.

Priscilla Arroyo redacao@brasileconomico.com.br
Os papéis preferenciais da petrolífera (PETR4) e da mineradora (VALE5) avançaram 2,17% e 0,02%, respectivamente

O principal índice de ações da BM&FBovespa se manteve em zona positiva, fechando a sexta-feira (24/02) em alta de 0,19%, aos 65.942 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 6,942 bilhões.

Na semana, o Ibovespa tem queda de 0,39%, mas mantém desempenho positivo no mês, com avanço de 4,56%.

“As ações de Petrobras e Vale seguraram o pregão, ainda que a última tenha perdido força perto do fechamento”, disse Pedro Galdi, analista da SLW corretora.

Os papéis preferenciais da petrolífera (PETR4) e da mineradora (VALE5) avançaram 2,17% e 0,02%, respectivamente.

Dentre outros elementos, o desempenho das ações da Petrobras refletiu os dados de produção de óleo e gás, que subiram 2,6% em janeiro.

“Esse fato e a divulgação da descoberta de petróleo nos reservatórios do pré-sal da Bacia de Santos puxaram alta das ações”, complementa Galdi.

Destaques

Duas empresas do empresário Eike Batista lideraram as altas do dia. No topo da lista aparecem os papéis da MMX, com ganho de 4,10%, cotados a R$ 9,39; seguidos pelas ações da LLX, que subiram 3,24%, negociados a R$ 3,82.

De acordo com Galdi, não há nenhum motivo especial para a disparada. "Os investidores simplesmente se mostraram confiantes."

Na outra ponta, os papéis de Hypermarcas e Fibria recuaram 5,25% e 5,02%, respectivamente.

"Existe uma especulação no mercado de que a Fibria deve fazer uma nova emissão de ações para se capitalizar. A notícia não foi bem recebida pelos investidores", comentou.

Cenário Internacional

No exterior, as bolsas de valores oscilaram perto da estabilidade. Nos Estados Unidos, indicadores referentes à confiança do consumidor e à venda de casas novas surpreenderam positivamente.

Os principais índices de Wall Street caminhavam para um fechamento misto. O Dow Jones, referência da Bolsa de Nova York, recuava 0,08%, enquanto o termômetro de tecnologia Nasdaq avançava 0,18%.

Na Europa, o ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, sinalizou que o parlamento alemão pode considerar uma nova ajuda financeira à Grécia. Fato que alimentou o ânimo dos investidores.

Mesmo assim as bolsas fecharam com resultados alternados. O FTSE-100, de Londres, caiu 0,05%; o Dax, de Frankfurt, avançou 0,81%, e o CAC-40, de Paris, encerrou em alta de 0,57%.

Câmbio

Mesmo com intervenção do Banco Central, que voltou a comprar dólares em duas operações realizadas na tarde dessa sexta-feira (24/2), a moeda americana encerrou em queda de 0,23%, cotado a R$ 1,7050 para a compra e R$ 1,7070 para a venda.

[an error occurred while processing this directive]