[an error occurred while processing this directive]

Negócios

24/02/12 | 10:32 - Atualizado em: 24/02/12 | 10:32

Ações da Vale seguem rumo a resistência em R$ 44

Papéis preferenciais da mineradora apresentaram alta de quase 2% na quinta-feira.

Rafael Palmeiras redacao@brasileconomico.com.br
A análise do papel mostra uma figura de bandeira, em que ocorre uma correção saudável após uma impulsão de alta

Os papéis preferenciais da Vale (VALE5) registraram um bom desempenho durante o pregão de ontem. Com ganhos de 1,95%, as ações fecharam cotadas ao valor de R$ 42,80.

E esse desempenho segundo Leandro Martins, da Walpires Corretora, pode fazer com que a empresa rompa a resistência (ponto que, se superado, indica a possibilidade de continuidade de movimento de alta da ação) em breve.

"Acredito que na próxima semana, caso o mercado ajude, os papéis consigam atingir a resistência em R$ 44."

De acordo com o analista-chefe, se houver o rompimento, os papéis seguem rumo ao objetivo de médio/longo prazo em R$ 50.

Caso isso não ocorra, Martins alerta para o ponto de suporte (patamar que, se perdido, aponta para uma chance de queda em sequência) em R$ 41,50, que também aparece como ponto de stop.

Segundo ele, a análise do papel mostra uma figura de bandeira, em que ocorre uma correção saudável após uma impulsão de alta.

Recentemente, a Vale comunicou ao mercado que registrou lucro líquido recorde em 2011, ao totalizar US$ 22,885 bilhões, equivalente a US$ 4,36 por ação.

Ainda no período, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em US$ 33,759 bilhões.

Para este ano, a expectativa de investimento da mineradora é de R$ 21,4 bilhões, tendo como foco a implementação de diversos projetos. No ano, os papéis registram ganhos de 13,17%.

[an error occurred while processing this directive]