[an error occurred while processing this directive]

Negócios

16/03/12 | 19:27 - Atualizado em: 16/03/12 | 19:27

Argentina propõe cota de importação para suínos

A Argentina aceitou estabelecer uma cota de importação para a carne suína brasileira, terminando parcialmente um embargo que vigorava desde fevereiro deste ano.

Brasil Econômico redacao@brasileconomico.com.br
A Argentina é um dos principais mercados de carne suína do Brasil

Nesta sexta-feira (16/3), o ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca, Mendes Ribeiro Filho, se reuniu com o ministro argentino da agricultura, Norberto Yahuar, para discutir a solução do embargo.

O ministro argentino propôs o estabelecimento de uma cota média para a importação do produto brasileiro, fixada em 3 mil toneladas por mês. Segundo o Yahuar, a média é baseada no histórico das trocas comerciais entre os dois países.

Nos últimos três anos, a média de embarques do produto para a Argentina foi de 2,9 mil toneladas mensais, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs). Contudo, em 2011 essa média foi maior, atingindo 3,5 mil toneladas por mês.

De acordo com o ministério da agricultura argentino, a medida deve evitar picos de importação, que possam prejudicar a economia do país vizinho.

O ministro brasileiro declarou que a medida foi importante, mas lembrou de outros setores que necessitam de mais atenção, como o do arroz e do trigo. "Ficamos de definir uma pauta de trabalho conjunta, na qual iremos discutir a regularização da entrada de arroz e trigo no Brasil", disse, em comunicado.

A Argentina é um dos principais mercados de carne suína do Brasil. Em janeiro, o país teve a terceira posição nas vendas do produto, com 11,3% do total.

Em 2011, as vendas de carne suína ao país vizinho atingiram US$ 130 milhões. Do total da carne importada pela Argentina, 75% vem do Brasil.

A Abipecs declarou que não comentaria o assunto até ser comunicada oficialmente pelo Ministério.

[an error occurred while processing this directive]