[an error occurred while processing this directive]

Negócios

14/06/13 | 14:50 - Atualizado em: 14/06/13 | 14:50

CFOs da América Latina são os mais otimistas, diz FGV

Levantamento também destaca a evolução na confiança dos americanos.

Brasil Econômico redacao@brasileconomico.com.br
Na América Latina, os CFOs do México são os mais otimistas, com 70,7, seguidos pelos do Chile (69,3) e os da Colômbia (68,8).

Os CFOs (responsável pelas decisões financeiras das empresas) do Brasil e da América Latina são os mais otimistas em relação às perspectivas econômicas de suas regiões para os próximos 12 meses, de acordo com a pesquisa trimestral Panorama Global dos Negócios, realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em parceria com a Duke University e a CFO Magazine.

A pesquisa, concluída em 31 de maio, contou com a participação de 1112 CFOs de todo o mundo, dos quais 280 da América Latina, sendo 46 brasileiros.

Em uma escala de 0 a 100, os CFOs do Brasil atribuem nota 61,4 para o seu otimismo com relação à economia brasileira (ante 63,5 no trimestre anterior), enquanto os da América Latina apresentam nota 66 (contra 69 na aferição precedente).

Na América Latina, os CFOs do México são os mais otimistas, com 70,7, seguidos pelos do Chile (69,3) e os da Colômbia (68,8).

Os CFOs argentinos são os menos otimistas, com 37,5.

Na Europa, a pontuação é de 53,2, e de 60,8 nos Estados Unidos e na Ásia.

Os responsáveis pelo levantamento destacam a evolução no otimismo dos CFOs americanos, que tem crescido de forma consistente - a pontuação foi de 55,3 e de 50,7 nas aferições anteriores.

"Esse aumento consistente do otimismo nos Estados Unidos é muito importante porque sugere que o país está no rumo da retomada do crescimento - deve crescer pelo segundo ano consecutivo depois de vários anos de estagnação. Talvez por essa razão os seus parceiros econômicos da América Latina estejam tão otimistas," diz John Graham, professor de Finanças da Duke University e Coordenador da pesquisa.

[an error occurred while processing this directive]